Por que líderes são demitidos?

Como evitar líderes inadequados e que geram prejuízos na produtividade da organização? Como mostrar uma liderança autêntica e adequada aos valores centrais da empresa? Confira neste artigo.

Com o mercado de trabalho cada vez mais competitivo, os processos de seleção se tornaram mais complexos, principalmente a nível de liderança, onde existem várias etapas para selecionar o melhor candidato, além de soluções tecnológicas e metodologias que colaboram para a escolha do profissional certo para o determinado cargo. 

Entretanto, mesmo com tecnologias disruptivas sendo aplicadas na área de recursos humanos, ainda vemos empresas tendo dificuldades para encontrar os melhores profissionais para liderar times: de acordo com uma pesquisa da consultoria McKinsey & Company, menos de 30% das organizações encontram os profissionais certos para cargos C-level. Nesta mesma pesquisa ainda são citados os executivos recém-nomeados, que costumam demorar para se adaptar.

Neste artigo falaremos sobre os principais motivos desta inadequação dos líderes recém contratados e o que as empresas recrutadoras podem fazer para não enfrentarem este mesmo obstáculo que já é uma realidade de mercado.

3 desafios na contratação de novos líderes

Abaixo reunimos os principais desafios que acreditamos que se enfrentados, podem gerar contratações mais assertivas para a empresa:

Conhecer profundamente a cultura da organização

O primeiro desafio é relacionado à cultura da empresa, que hoje é assunto indispensável em qualquer processo seletivo, principalmente quando executivos e gestores globais participam das entrevistas.

Antes de dar início a um processo seletivo, as empresas precisam definir os principais valores da sua própria cultura e entender se estes valores são verdadeiramente praticados.

Muitas empresas possuem a descrição dos seus valores culturais, mas os colaboradores não sentem estes mesmos ideais na prática, no dia a dia da empresa. 

Por isso, nossa recomendação inicial é diretamente para as empresas, que precisam traçar seu próprio perfil cultural com exatidão e contando com a opinião dos colaboradores, tanto  para validarem os valores propostos quanto para agregarem novos pontos de vista. 

A partir destes valores reais, a empresa pode traçar os pontos principais que movem a cultura organizacional e assim desenvolver o perfil ideal dos novos líderes – que serão os promotores desses mesmos valores.

Ir além do perfil comportamental: procure pelas motivações e valores

Existem metodologias completas para a captação do comportamento do profissional (como a entrevista por competências, quando bem aplicada), onde ele pode apresentar cases de sua carreira através de experiências anteriores, mostrando assim seu comportamento frente a adversidades do dia a dia de trabalho. 

Entretanto, o desafio aqui é outro: sugerimos que durante o processo seletivo, o recrutador se aprofunde em questões relacionadas às motivações do líder. 

Para isso, podem ser aplicadas perguntas que também remetem a experiências anteriores, mas é necessário uma percepção mais atenta para captar os valores e motivações apresentados pelo profissional, para que assim a empresa entenda o que faz o líder recompensar ou valorizar em sua equipe e empresa. Por exemplo: 

Líderes que prezam por tradição

Este tipo de líder mostra um valor importante para a empresa, mas que pode se mostrar resistente a ambientes mais criativos, disruptivos e inovadores. Além disso, ele preza pela hierarquia da organização e pela frequente validação de certo e errado. 

Reflexão: será que este perfil de líder se encaixaria em um startup, que está em frequente mudança de papéis e projetos?

Líderes que prezam por parceria 

Este tipo de líder preza por criar verdadeiros laços com seu time e incentiva a frequente colaboração. Ele não tem problemas de comunicação e sabe se relacionar bem com as pessoas do time. 

Reflexão: Este perfil de líder é adequado para uma empresa que é mais individualista e não tem o costume de ter relações próximas entre a equipe e equipes diferentes?

Líderes que prezam por altruísmo

Como o nome já diz, este líder preza por melhorar o mundo e está sempre em busca de ações que incentivem a responsabilidade social da empresa.  

Reflexão: Este tipo de líder seria adequado em uma empresa que não tem programas de responsabilidade social e não tem este mesmo valor frizado em sua cultura?

Leia também:

O perfil do profissional mais buscado no mercado

Recolocação profissional de gerentes

Entender os limites da liderança em relação à cultura organizacional

Apesar dos novos líderes precisarem ser adequados à cultura organizacional da empresa, eles têm que entender também até onde eles podem colaborar com esta cultura.

Normalmente, executivos seniores, como gestores globais e regionais, são aqueles que mais incentivam a divulgação da cultura organizacional, além de também colaborarem para o desenvolvimento da mesma. 

Por isso, se um líder recém contratado entrar com a intenção de agregar novos valores ou fazer melhorias na cultura, podem acontecer alguns cenários: ou ele será mal interpretado, ou será muito valorizado pela alta gestão, tudo depende do cenário da empresa, dos valores já estabelecidos na cultura e do limites também descritos. 

Se o novo líder possui todos os valores contidos na cultura organizacional e apresenta um perfil extremamente disruptivo, criativo e comunicativo, pode ser que suas ideias sejam melhores recebidas e assim recebe grande destaque na empresa. Entretanto, o caminho também pode ser inverso e ultrapassar limites pré estabelecidos e não negociáveis, passando então a percepção de líder inadequado para a empresa.

Por isso, é necessário o esclarecimento destes limites para que o líder tenha um bom desempenho e se adeque ao seu cargo, à cultura atual e ao time liderado.

Leia também:

5 dicas de liderança para se tornar um gestor autêntico

Você é gestor e procura por uma recolocação profissional? Conheça a driverh

driverh é uma das melhores consultorias para recolocação profissional do Brasil. Conheça aqui a história de alguns dos profissionais que foram assessorados em suas Recolocações Profissionais pela driverh.

Converse conosco e tire suas dúvidas através de um call objetivo. Entre em contato conosco pelos nossos canais de atendimento: contato@driverh.com.br, (11) 3130 6975 ou (11) 9 5481 6647 (WhatsApp).


©2016 – Todo conteúdo produzido no site www.driverh.com é original e de autoria própria – Protegido pela Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais na Internet.

Utilizamos cookies para proporcionar uma melhor experiência.