Transforme o seu processo de contratação

Devido ao crescimento e disseminação da transformação digital, diversos processos no meio empresarial vem mudando com rapidez, como a atração e contratação de novos talentos.

Atualmente, as empresas têm mudado seu posicionamento na contratação e mostrado ao mercado seu verdadeiro valor através do Employer Branding, estratégia que resulta na atração dos melhores talentos do mercado de trabalho. 

Além desta estratégia, existem muitas outras que ajudam as empresas a transformarem todas as etapas do processo de contratação de profissionais. 

Siga a leitura para revisar seu processo de contratação e entender como melhorá-lo através de 3 principais etapas. 

Transforme seu processo de contratação em 3 etapas

Etapa 1: Definição de estratégia de recrutamento e contratação usando Employer Branding e Humanização

Abaixo falaremos como acrescentar humanização nos processos de contratação e também como adicionar Employer Branding na empresa.

  • Garanta a humanização em todo o processo

Não é novidade para nenhum profissional de Recursos Humanos que a humanização de processos é a estratégia que vem mais dando certo. Ela tem como objetivo destacar a experiência dos profissionais e torná-la mais positiva e humana desde o primeiro contato do profissional com a empresa contratante. 

Ou seja, para humanizar, comece fazendo um diagnóstico dos processos atuais de contratação e perceba quais pontos poderiam facilitar a experiência dos profissionais e aproximá-los à empresa, como: melhorar a descrição de vagas, melhorar a comunicação e posicionamento na divulgação de oportunidades, acrescentar mais e melhores feedbacks durante os processos, adicionar mais contatos da equipe de RH e evitar mensagens automatizadas, etc. 

  • Implemente e reforce o Employer Branding

A estratégia que mais tem transformado o processo de contratação das empresas é o Employer Branding, que é a união de diversas estratégias e técnicas focadas em melhorar a experiência e a percepção dos profissionais em relação à empresa onde trabalham. 

Ao adicionar Employer Branding, a empresa se torna mais transparente em relação à seu posicionamento e atributos, como: seu verdadeiro DNA, qual perfil dos profissionais que trabalham na empresa, quais os benefícios de trabalhar neste local, como é o clima empresarial, como é o processo seletivo, qual valor a empresa agrega à carreira do profissional, etc. 

Estes são os principais benefícios em implementar o Employer Branding no processo de contratação: 

  • Otimização da gestão da marca frente ao mercado
  • Melhoria da percepção da marca: dentro e fora da empresa
  • Atração dos melhores profissionais do mercado
  • Retenção e engajamento dos melhores colaboradores na empresa
  • Divulgação espontânea da marca

Etapa 2: Transformação do recrutamento e contratação na prática

  • Utilize tecnologias específicas para recrutamento de talentos

Para transformar todo o processo de contratação, é indispensável aderir às novas tecnologias do mercado. Atualmente, empresas têm investido mais em soluções que melhoram o processo de recrutamento e seleção, ajudando-as assim a otimizarem tempo e recursos, além de encontrarem perfis de profissionais que têm mais aderência à cultura e DNA da empresa. 

Fique de olho em tecnologias como: soluções de Big Data, softwares de recrutamento e seleção, soluções para mapeamento comportamental, recrutamento Data Driven, Redes Sociais e Social Hiring (ou recrutamento social), etc.

Leia também: 

Tendências do mercado de trabalho pós-pandemia

Tendências dos processos seletivos e entrevistas

  • Invista em talentos internos e recomendações

Pensando na humanização e Employer Branding, uma ótima estratégia que também vai transformar seu processo de contratação é incentivar o recrutamento interno e indicações dos colaboradores.

O recrutamento interno é oferecer prioridade para colaboradores que já trabalham na empresa quando um novo processo seletivo se abre. Muitas empresas permitem que os colaboradores se inscrevam no processo, mas não dão prioridade para estes. Ao mudar este posicionamento, as empresas incentivam o crescimento dos profissionais e impulsionam o desenvolvimento dos mesmos. 

Além disso, ao incentivar também indicações e recomendações internas, os colaboradores sentem que sua opinião é valorizada e sentem mais confiança na empresa. 

  • Conte com a ajuda de serviços terceirizados especializados

Caso o setor de Recursos Humanos queira otimizar atividades e agregar mais inteligência e especialização na hora de recrutar novos talentos, recomendamos a contratação de uma consultoria de recrutamento de talentos e profissionais Headhunters especialistas.

Este tipo de serviço terceirizado reduz o tempo da equipe interna de Recursos Humanos e economiza recursos que podem ser aplicados na melhoria de outros processos.

Leia também:

O que é um Headhunter?

Como contratar um headhunter para recolocação profissional

Etapa 3: Pós recrutamento e contratação

  • Crie um processo de Onboarding 

Para receber novos talentos, garanta que a empresa possua materiais de imersão, que tem como objetivo explicar tudo sobre a cultura da empresa, o DNA, os principais valores e motivações que movem o negócio.

Além disso, estabeleça processos que evitam que o novo colaborador fique perdido e sem saber com quem falar ou o que fazer em seus primeiros dias. 

É aí que o processo de Onboarding entra: defina quem será responsável pelas primeiras comunicações com o colaborador, com quais áreas ele precisa interagir primeiro (como TI, RH, etc), quais acessos e materiais são necessários, etc. 

  • Garanta benefícios competitivos e vantajosos para reter os profissionais

Por fim, para reter os novos e antigos talentos da empresa, melhore com frequência a Proposta de Valor ao Empregado (EVP). Ou seja, sempre revise os benefícios oferecidos, faça pesquisas internas para verificar a satisfação dos colaboradores, confira se o clima garante experiências positivas para todos, etc.

Alguns benefícios que tornam a empresa competitiva e aumentam a proposta de valor ao empregado é garantir oportunidades de plano de carreira, oferecer capacitações que vão desenvolver a carreira do profissional, oferecer plano de acompanhamento psicológico e também garantir um programa de Outplacement ao profissional, caso ele seja desligado em algum momento. 

Leia também: 

Outplacement – como funciona?

Conheça o programa de Outplacement da driverh

Você está em busca de um programa de Outplacement para sua empresa? Então conheça a driverh, que é uma das melhores empresas de Outplacement e recolocação profissional do Brasil.

Contamos com centenas de casos de sucesso no atendimento de colaboradores desligados, você e sua empresa podem conferir em nossa página de depoimentos a visão dos profissionais assessorados pela driverh.

Aqui na driverh, os colaboradores da sua empresa encontram um programa completo de Outplacement, que conta com um diferencial: ações voltadas ao mercado e que geram resultados concretos para suas carreiras e recolocação. Os assessorados do Outplacement da driverh têm acesso a uma rede de empresas e contatos prontas para receber as indicações de seus perfis.  

Para saber mais sobre a nossa metodologia de Outplacement, preencha nosso formulário de contato e retornaremos para você, ou entre em contato pelos nossos canais de atendimento: contato@driverh.com.br, ou pelos telefones: (11) 3130 6975 ou (11) 9.5481 6647 (WhatsApp). 


©2016 – Todo conteúdo produzido no site www.driverh.com é original e de autoria própria – Protegido pela Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais na Internet.

Utilizamos cookies para proporcionar uma melhor experiência.