Como ser aprovado nas entrevistas com gestores globais

Um dos tipos de entrevistas em um processo seletivo são aquelas feitas pelos gestores ou executivos globais da empresa contratante. Neste artigo, vamos explicar quais são as responsabilidades deste profissional e mostrar quais são suas principais exigências na hora de entrevistar  e aprovar um candidato. Confira abaixo. 

Além disso, falaremos ainda sobre o que o candidato pode fazer para melhorar sua performance na entrevista com os gestores globais para ser aprovado no processo seletivo.

Quem são os gestores globais e onde estão localizados?

Normalmente, os gestores globais são profissionais importantíssimos para a empresa e trabalham lado a lado com presidentes globais. Eles podem ser localizados diretamente na matriz de empresas multinacionais. 

Por exemplo, a empresa Sodexo é multinacional e sua matriz fica estabelecida na França (matriz), então o gestor global trabalhará neste local. Além disso, eles são os líderes de áreas específicas, como por exemplo Gestor Global de RH, Gestão Global de Marketing, etc. 

Qual o perfil profissional do gestor global

O gestor global possui uma visão regional mais ampla (periférica), pois precisa saber como funcionam as estratégias em termos de regiões, como América Latina, América Central, Europa e etc. 

Então, ele analisa os resultados de uma região como um todo, unindo as forças de diversos países. Entretanto, se um país específico gera mais receita para a empresa, o gestor global terá uma visão mais aprofundada deste país específico e saberá como escalonar resultados neste determinado local.

Ainda falando do perfil deste profissional, ele não é um colaborador da empresa que executa atividades operacionais. Sua principal missão é ser estratégico em suas tomadas de decisão para desenvolver planejamentos e ações para os próximos anos (longo prazo), com o apoio e alinhamento direto do presidente global. Junto, eles definem as melhores práticas e estratégias da empresa, desenham o caminho que a empresa deve seguir e então acompanham o cumprimento das metas regionais e a nivel global.

As metas definidas pelos gestores globais geralmente são complexas e de longo prazo.

Leia também:

O perfil do profissional mais buscado no mercado

Qual é a visão geral dos gestores globais

Geralmente, a visão desses gestores é bem abrangente pois eles têm grande relevância para a empresa por estarem acostumados a fechar negócios globais e fazer parcerias essenciais para as verticais da empresa multinacional. 

Em relação ao funcionamento da empresa, a visão deles é que a empresa precisa ter times capacitados em cada país e região em que a empresa atua, para então cumprirem com sucesso as metas de longo prazo estabelecidas juntamente com o presidente global, porém, é importante que esses times estejam 100% alinhados com as estratégias globais.

O grande desafio da gestão global é garantir que as políticas, cultura e governanças não sejam diluídas ao longo do organograma quando chegam até a base dos colaboradores em cada país – cada qual com sua própria cultura.

Leia também:

Entrevista de emprego: dicas para os diferentes tipos

Entrevista com gestores globais: quais são os objetivos ao entrevistar um candidato

A ideia principal que o candidato deve levar consigo em uma entrevista com gestores globais é que ele não estará interessado em cada detalhe e habilidade que o profissional executa, afinal, ele não lida diretamente com atividades operacionais do dia-a-dia, então ele costuma deixar estas questões para os recrutadores e gestores de RH.

Seu principal objetivo ao entrevistar um candidato será entender se ele tem match com a cultura da empresa e como ele poderá adicionar ao time que integra (país e região) no longo prazo. Ele sempre busca entender se o candidato tem o perfil adequado para fazer uma boa carreira e trajetória dentro da empresa, para até que no futuro seja promovido e substitua o gerente atual da área.

Normalmente, o gestor global entrevistará posições de C-level que tenham interação com a área que o mesmo gerencia. Exemplo: um gestor global de finanças poderá entrevistar um CFO Brasil, mas também poderá entrevistar um CEO Brasil.

E o que é importante mostrar aos gestores globais na hora da entrevista? 

Mostrar ser um profissional independente

Um profissional independente mostra que é capaz de cumprir suas metas com pouco monitoramento, contando com as suas habilidades de autogestão e organização. Isso demonstra ao gestor global grande capacidade de execução estratégica e segurança.

O gestor global espera encontrar um executivo em uma entrevista, não apenas um gestor sénior. Portanto, é importante demonstrar que o profissional sabe navegar em diferentes áreas e com diferentes profissionais, mesmo em momentos desconfortáveis e em culturas diferentes. 

Inteligência Cultural

É a capacidade de se adaptar a contextos culturais diferentes, seja vivendo em outro país, seja lidando com estrangeiros no dia a dia. Muitas vezes, um hábito corriqueiro para uns, é uma ofensa para os estrangeiros, e o gestor global não irá aprovar um candidato que não esteja preparado para interagir com profissionais de outra cultura.. 

Reúna o maior número possível de informações sobre outros países. Faça uma análise das circunstâncias em que alguns fatos acontecem. É útil fazer cursos de gestão global.

Mostrar confiança e segurança 

Confiança e segurança são duas características que precisam estar presentes em um perfil executivo. Os gestores globais sabem que é muito difícil liderar e fechar grandes negócios se o profissional não for confiante e seguro, principalmente em situações adversas e em outras culturas e países. 

Essa segurança deve ser fruto de sua competência técnica, mas também do autoconhecimento, ciência de suas competências comportamentais e conhecimentos culturais do país e região em que o candidato atua.

Potencial de longo prazo

Lembre-se que os gestores globais sempre estão em busca de profissionais que podem agregar aos objetivos de longo prazo da empresa. 

Ao ser entrevistado por um destes gestores, o profissional deve mostrar que seu interesse é criar uma longa carreira em determinada empresa e que a sua expectativa é encontrar uma oportunidade onde o mesmo possa trabalhar por pelo menos de 5 a 10 anos. 

Esse é um bom tempo de atuação quando considera-se a carreira de um executivo C-level.

Fit cultural 

Geralmente, a cultura das empresas multinacionais nascem na matriz. Todas as ações, detalhes, planejamento e o estilo do negócio acontecem primeiro na matriz e depois são replicadas nas outras filiais e unidades pelo mundo. 

Logo, quem trabalha na matriz acredita estar sempre mais alinhado com a cultura organizacional. Como o gestor global trabalha neste local, ele é um profissional que consegue perceber facilmente se o candidato tem o perfil adequado para trabalhar na empresa. 

Para se preparar, é indicado que o candidato busque por referências no site da empresa, tanto escritas quanto visuais, sobre a cultura da organização. Quanto mais ele souber sobre esta questão, mais entenderá as expectativas da empresa a respeito de sua gestão e alianças estratégicas, além de saber se o seu perfil é adequado para trabalhar neste local. 

Leia também:

Dicas para entrevista de gestor

Como ser aprovado na entrevista final

Está em busca de uma recolocação profissional? Conheça a driverh

É essencial que candidatos estejam preparados para todos os tipos de entrevistas do mercado de trabalho, organizando suas experiências de uma forma eficiente e profissional – apenas dessa forma poderão se destacar em suas entrevistas e processos seletivos.

driverh é uma das melhores consultorias para recolocação profissional do Brasil. Conheça aqui a história de alguns dos profissionais que foram assessorados em suas Recolocações Profissionais pela driverh.

Converse conosco e tire suas dúvidas através de um call objetivo. Entre em contato conosco pelos nossos canais de atendimento: contato@driverh.com.br, (11) 3130 6975 ou (11) 9 5481 6647 (WhatsApp).


©2016 – Todo conteúdo produzido no site www.driverh.com é original e de autoria própria – Protegido pela Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais na Internet.

Utilizamos cookies para proporcionar uma melhor experiência.