A hora certa de trocar de emprego 

Optar por trocar de emprego é uma decisão muito delicada, mas que pode trazer crescimento e grande desenvolvimento na carreira.

Muitos profissionais passam por momentos desafiadores em seus empregos, por isso, imaginam se uma transição de carreira é a estratégia certa, a fim de conseguir salários, benefícios e cargos melhores. 

Neste artigo citaremos quais são os principais sinais que mostram qual é a hora certa de trocar de emprego e como o profissional deve seguir para desenvolver a estratégia mais eficaz para alavancar sua carreira. Siga a leitura. 

4 sinais que mostram que é a hora certa de trocar de emprego

Se estes sinais começarem a aparecer em seu emprego atual, pode ser a hora certa de trocar de empresa. Fique atento a cada um deles, faça uma auto análise sobre o momento da sua carreira para então tomar a melhor decisão. Os principais sinais são:

Não há mais oportunidades de crescimento e desenvolvimento na empresa atual

Apesar de muitas empresas contarem com planos de carreiras muito bem estruturados, chega um momento em que o profissional sente que não é mais possível obter crescimento relevante em sua carreira no emprego atual.

Essa situação acontece quando:

  • Projetos importantes chegam ao fim;
  • O profissional está estagnado há muito tempo em um mesmo cargo e com as mesmas atividades;
  • As atividades do dia a dia não trazem mais crescimento e desenvolvimento pessoal;

Leia também:

Como mudar de empresa para crescer na carreira

Salário não está na média do mercado

Muitos profissionais analisam o mercado pensando principalmente em salários e benefícios, levando em consideração que não possuem mais oportunidades de aumentar o salário no emprego atual. 

Essa situação pode acontecer após muitos anos trabalhando em uma mesma empresa e cargo, fazendo com que seja mais rentável para a empresa contratar novos profissionais ao invés de oferecer aumento para os colaboradores antigos da casa.

Antes de tomar a decisão de trocar de emprego, é importante que o profissional leve em consideração a região e setor em que trabalha, para então fazer uma pesquisa aprofundada para entender a faixa salarial média do cargo.

Para isso, é possível acessar sites como Vagas.com, Glassdoor ou mesmo o Linkedin para poder ter um parâmetro atualizado da faixa salarial.

Leia também:

Como negociar o salário em um processo seletivo

Objetivos de carreira não estão mais alinhados com a empresa

É essencial que os profissionais saibam bem os próprios objetivos de carreira para poder ter o direcionamento mais apropriado em relação à troca de emprego.

Isso significa que o emprego atual precisa estar alinhado com os interesses, valores, objetivos e motivações pessoais do profissional, caso contrário, existirão mais conflitos na carreira, tornando o emprego um desafio diário e pesando, ao invés de agregar na vida do profissional e promover crescimento. 

Os objetivos do profissional que podem estar conflitando com a empresa podem ser, por exemplo: a busca por mais qualidade de vida, a priorização de estar mais próximo da família, a mudança de local de trabalho (novas cidades, estados ou países), alteração no formato de trabalho (presencial ou remoto), a busca por transição de carreira, a meta em alcançar cargos maiores e de liderança, etc. 

Insatisfação geral com a empresa e emprego atual

Por fim, unimos neste tópico todas as situações que podem trazer insatisfação ao profissional, fazendo-o idealizar a troca de emprego como estratégia para desenvolver sua carreira. 

Quando o profissional chega ao nível de insatisfação geral com a empresa, a produtividade e bem estar caem drasticamente e o emprego torna-se um peso em sua vida. Este sentimento faz com que o profissional tenha seu desempenho afetado e pode atrapalhar assim a conquista de novas oportunidades. 

São diversos fatores que podem trazer insatisfação com o emprego atual, como salário abaixo do mercado, poucos benefícios, equipe desconectada, liderança conflituosa, projetos específicos, cultura empresarial falha, etc. 

Leia também:

Quero mudar de emprego: devo contar ao meu gestor?

Como mudar de empresa em 2021

O que levar em consideração antes de trocar de emprego

Aqueles profissionais que já sentiram os sinais citados acima possivelmente já cogitaram trocar de emprego, entretanto, é necessário uma avaliação aprofundada de cada caso para então seguir com a movimentação de carreira. 

Antes de tomar qualquer atitude, o profissional precisa ter motivos concretos para de fato voltar ao mercado e buscar novas oportunidades. 

Mudança frequente de emprego

Se passou por uma mudança de emprego recente, há menos de dois anos, é importante ter cuidado e reavaliar a situação no emprego atual, para evitar mudanças muito frequentes devido a conflitos e impressões antecipadas. 

Mudanças de emprego com muita frequência também imprimem uma imagem um pouco negativa do profissional, passando a ideia que o mesmo não tem intenção de fazer parte da empresa a longo prazo (existem empresas que evitam este perfil de profissional). 

Credibilidade e profissionalismo 

No geral, indicamos que cada profissional avalie bem sua situação e aja de forma profissional, prezando sempre sua credibilidade, gratidão e respeito pela companhia em que trabalha. 

Isso significa que o profissional não deve difamar a empresa atual e nem sua equipe e liderança quando sentir qualquer sinal negativo. Desta forma, seu desempenho não é afetado e se caso optar por realmente trocar de emprego, conseguirá ainda sair de portas abertas.

Além disso, a fim de também manter a credibilidade de sua carreira, é interessante que o profissional mantenha a discrição e confidencialidade caso opte por fazer a transição de carreira, principalmente cargos como executivos e diretores.

Leia também:

Como pedir demissão da forma correta

6 dicas para mudar de emprego

Está em busca de movimentação de carreira? Conheça a assessoria da driverh

driverh é uma das melhores consultorias para recolocação profissional do Brasil. Conheça aqui a história de alguns dos profissionais que foram assessorados em suas Recolocações Profissionais pela driverh.

Converse conosco e tire suas dúvidas através de um call objetivo. Entre em contato conosco pelos nossos canais de atendimento: contato@driverh.com.br, (11) 3130 6975 ou (11) 9 5481 6647 (WhatsApp).


©2016 – Todo conteúdo produzido no site www.driverh.com é original e de autoria própria – Protegido pela Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais na Internet.

Utilizamos cookies para proporcionar uma melhor experiência.