Como será a nova organização pós covid-19 

Que as empresas e o mercado de trabalho foram fortemente impactados durante a pandemia você já sabe, mas você já parou para pensar como será a recuperação no pós covid-19? Tem ideia do que mudará nas corporações? 

Podemos afirmar que dezenas de processos empresariais já mudaram durante o distanciamento social devido a necessidade de adaptação para vencer o cenário incerto. Felizmente, a maior parte destas mudanças chegaram para desenvolver as empresas mais rapidamente.

Vamos analisar neste artigo as principais mudanças que a nova organização passará no pós covid-19. 

As estruturas empresariais serão ajustadas e redefinidas

Com o “modo crise” entrando bruscamente nas empresas, as estruturas empresariais tiveram que ser repensadas, fazendo ajustes em hierarquias e formas de gerenciamento para se adaptarem.

Os formatos adotados durante a pandemia serão levados às organizações do futuro, que serão menos piramidais e mais circulares, com uma hierarquia mais horizontal que oferece maior autonomia aos gestores e colaboradores.  

Quanto ao home office, 70% dos profissionais afirmam que pretendem continuar neste estilo de trabalho, mostrando a vontade dos colaboradores de manter esta tendência no pós pandemia, segundo a plataforma de recrutamento VAGAS.com. 

Entretanto, na nova organização pós-covid, acreditamos que o home office não será aplicado em 100% das empresas e que na verdade a probabilidade maior é que seja aplicado de forma parcial, com a adoção de rodízios entre os colaboradores na ida ao escritório. 

Leia também:

Tendências do mercado de trabalho pós-pandemia

Como se recolocar no mercado pós-pandemia

Empresas passarão a ter mais agilidade nos processos 

Com a pandemia cobrando um plano de contingência imediato e aplicável, as empresas tiveram poucas semanas para se adequar a um cenário totalmente diferente. 

Equipes tiveram que aprender a trabalhar a distância, clientes tiveram que ser atendidos de forma diferente, colaboradores tiveram seus ritmos de trabalho alterados e líderes precisaram entender como gerenciar mesmo à distância.

Esta adaptação, apesar de rápida, trouxe grandes lições às empresas e é por isso que elas adotarão um modelo de trabalho ágil, com tomadas de decisões rápidas e que levam no máximo dias.

Além disso, acreditamos que essa agilidade que as organizações terão no futuro virão principalmente do novo ritmo de trabalho das equipes e colaboradores já adaptados a esta realidade mais prática. 

Aumento do uso da tecnologia para criação de novas soluções

2020 foi um divisor de águas quando pensamos na disrupção através do ambiente digital: ferramentas digitais que já existiam foram bem mais usadas e muitas novas foram desenvolvidas a fim de atender as necessidades que surgiram a partir da pandemia.

As empresas aumentaram a aplicação da tecnologia e a estenderam a mais setores, para otimizar tanto a experiência dos clientes quanto dos colaboradores em trabalho remoto. 

Ferramentas para acompanhar a performance e produtividade dos colaboradores foram mais utilizadas, a fim de auxiliar gestores a liderar mesmo a distância.

Gestão de talentos mais inovadora e disruptiva

Com o trabalho remoto em foco, muitos processos de gestão de talentos vão mudar.

O profissional que vai se candidatar a processos seletivos, precisará demonstrar flexibilidade e fácil adaptação ao ambiente remoto de trabalho, pois essa será uma requisição muito solicitada pelas empresas. 

Será importante investir em uma estrutura de trabalho em casa, com boa internet e itens ergonômicos. Mesmo aqueles candidatos que não tem interesse em trabalhar em home office,  precisarão mostrar adaptabilidade a este formato para garantir assim mais oportunidades de recolocação profissional. 

Em contrapartida, as empresas terão um leque muito maior de talentos, afinal, agora poderão buscá-los em todos os lugares do mundo. Será necessário apenas profissionalizar o home office e implementar normas e regras empresariais para este novo formato, garantindo os direitos e responsabilidades dos dois lados. 

Com um espaço de busca de talentos muito maior, na nova organização pós-covid, as empresas vão implementar mais ferramentas tecnológicas e com inteligência de dados para recrutar novos talentos.

E em relação aos talentos já presentes nas organizações, será aplicado reskilling e upskilling, que são processos de capacitação dos profissionais. Upskilling é o processo de aprimoramento de habilidades já conhecidas pelos colaboradores e reskilling trata-se de requalificação, onde o profissional aprenderá novas habilidades para se manter competitivo e atrativo para a empresa, principalmente pensando no âmbito de novas tecnologias.  

Leia também:

Dicas para entrevistas presenciais ou online

Tendências do mercado de trabalho brasileiro

Tendências dos processos seletivos e entrevistas em 2020

Como procurar emprego da forma correta

Reforço e revisão da cultura organizacional

Nenhuma das mudanças citadas acima será implementada com sucesso se a cultura da organização não estiver em foco também.

Com um cenário tão delicado como a pandemia, os profissionais também têm a necessidade de se sentirem conectados com seus times e alinhados verdadeiramente com os objetivos da empresa, por isso, acreditamos que as novas organizações pós-covid darão muito mais foco aos campos emocionais, mentais e sociais dos colaboradores, a fim de reforçar a empatia, resiliência, bem-estar e envolvimento de toda a corporação. 

Para aplicar tal mudança, devem ser feitas discussões e reflexões conjuntas, como:

  • Necessidade de competência: para gerar nos profissionais a sensação de eficácia e progresso para atingir objetivos;
  • Necessidade de  pertencimento: para gerar conexão social e sensação de pertencimento em um local seguro 
  • Necessidade de controle: para gerar a sensação de comando da própria vida e a liberdade de expressar de forma livre os valores e identidade
  • Segurança psicológica: confiança para compartilhar ideias e assumir riscos
  • Segurança física: ter segurança em sua própria moradia, saúde, finanças e carreira

Leia também:

O perfil do profissional mais buscado no mercado

A importância da inteligência emocional no trabalho

Conheça a driverh

driverh é uma das melhores consultorias para recolocação profissional do Brasil. Conheça aqui a história de alguns dos profissionais que foram assessorados em suas Recolocações Profissionais pela driverh.

Converse conosco e tire suas dúvidas através de um call objetivo. Entre em contato conosco pelos nossos canais de atendimento: contato@driverh.com.br, (11) 3130 6975 ou (11) 9 5481 6647 (WhatsApp).


©2016 – Todo conteúdo produzido no site www.driverh.com é original e de autoria própria – Protegido pela Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais na Internet.

Utilizamos cookies para proporcionar uma melhor experiência.